Eu vi: Baby Driver

em ritmo de fuga

Depois de muito ver as pessoas falando sobre esse filme “Baby Driver”, finalmente assisti! O título do filme aqui no Brasil ficou “Em Ritmo de Fuga”, mas preferi o titulo original mesmo. Pelo trailer parece ser um Velozes e Furiosos cult, mas na real é mais que isso.

Sinopse: O jovem Baby tem uma mania curiosa: ele precisa ouvir músicas o tempo todo para silenciar o zumbido que perturba seus ouvidos desde um acidente na infância. Mesmo assim, o rapaz revela-se um motorista excelente, e começa a trabalhar para uma gangue de criminosos. Quando um assalto a banco não sai como planejado, ele cai na estrada em fuga.

CJ Jones

Antes de assistir ao filme, tinha lido muitas críticas boas. Alguns até lançaram o filme em uma lista de melhores filmes lançados de 2017. Mas, mesmo assim, segui meu mantra: não criar expectativas demais antes de assistir um filme. Resumidamente, não criar expectativas e fim. Mantra que falo em quase todos os posts de resenhas de filmes que faço por aqui né? Quem acompanha sabe. 😉

baby driver film

Boa escolha de elenco, bom roteiro, boas cenas, boas continuações de cenas, boa edição, boa fotografia. Em um conjunto de “bom, bom, bom e bom”, posso elevar para ótimo? Sim! As cenas de ações são muito bem feitas. Tudo muito bem trabalhado para ser bem entendido. Tem uns cortes muito rápidos, mas mesmo assim dá pra entender perfeitamente, porque você acaba se apegando a cada detalhe. Se houve falhas, não vi. Porque estava tão vidrada na história com as músicas que nem me liguei.

baby

Ah sim, sobre música. Depois de enredo e fotografia, o que mais me chama atenção nos filmes, em geral, é a trilha sonora. Nesse filme, em especial, não poderia deixar de falar de sua trilha sonora. É um filme que te faz “dançar” involuntariamente, mas não por coreografias, e sim pela adrenalina nas suas cenas de ação (que são muitas!). Em algumas cenas você pode perceber a sincronia da batida da música com a ação mostrada no filme. Seja um disparo da arma ou freada do carro, é incrível! Dá o play aqui e continua lendo a resenha:

Todos os personagens são interessantes. Até os que ficaram em segundo plano. Lily James arrasou como Deborah, aquele ar de inocência e malicia ao mesmo tempo, ficou demais! E parece que escreveram o roteiro já pensando nos atores, porque teve muita naturalidade nas cenas, ninguém pecou na atuação. Ficou simplesmente incrível!

romance baby driver

Só faltou um pouco mais de base no romance, mas tudo bem, porque o foco do filme é ação e música. Acho que se tivesse focado muito no romance iria ficar muito chato. E preciso confessar que poderiam ter aprofundado um pouco mais a história das duas personagens femininas que mais ficaram em destaque, a Deborah e a Darling.

Jon Hamm

Enfim, é um filme muito bom e que merece ser assistido. Mesmo que não seja o seu gênero favorito, vale dar uma chance. Porque tem algumas cenas engraçadinhas também, mas sinceramente, a trilha sonora me ganhou. As vezes me pego ouvindo a trilha sonora DO NADA.

darling

Uma pena que não tem no Netflix ainda, mas estou torcendo muito pro filme ir para lá pra eu poder assistir repetidas vezes. Acho que gostei mesmo.

E aí? Já assistiu a Baby Driver? Se sim, o que achou? Se não, quer assistir depois de ter lido essa resenha? Comentem aqui!

Obs.: A playlist está mais completa no Spotify.

Thami Sgalbiero

Leonina, botafoguense, enrolada, confusa e distraída. Ama ver, ler e falar sobre moda (mesmo não sendo expert no assunto). Sonha em ser atriz, mas enquanto esse sonho não se realiza, fica apenas no blog mesmo.

15 thoughts on “Eu vi: Baby Driver

  1. VANESSA BRUNT

    Caramba! Quero apertar a sua resenha e não largar, Thami. Que delícia! Já estou aqui surtando com a playlist da trilha sonora e adorei sentir a sua empolgação. Fiquei extremamente curiosa para conferir o filme, que parece ter uma linha poética bastante crítica. Lindeza!

    http://www.semquases.com

    Responder

    1. Thami Sgalbiero

      É um filme mais de ação, mas tem uma história de amor aí no meio que é bem bonitinha mesmo. Assista! 😀

      Responder

  2. Pathy Guarnieri

    Não é muito meu gênero preferido, mas olha, fiquei bem curiosa com esse filme!

    Beijo!
    Cores do Vício

    Responder

  3. Caroline

    Oi! Não assisti ainda justamente por não ser meu gênero preferido, mas ver alguém quer pensa como eu dizendo que achou bacana me incentivou a assistir. Sua resenha ficou muito gostosa de ler! <3 Adorei!

    Beijo!
    http://www.controversos.com

    Responder

    1. Thami Sgalbiero

      Que bom que gostou da resenha, Carol! Obrigada! 🙂

      Responder

  4. Emerson Garcia Affonso Vieira

    Adorei sua resenha e ela me deu vontade de ver o filme.
    Bom final de semana!

    O blog está em ‘Hiatus de verão’ mas o colaborador Layon Yonaller preparou um post interessante sobre os últimos detalhes da TV. Não deixe de conferir!

    Jovem Jornalista
    Fanpage
    Instagram

    Até mais, Emerson Garcia

    Responder

  5. Thaiane e Thalita

    Já tínhamos visto o trailer do filme, mas não tínhamos prestado muito atenção do que se tratava, apesar de ser um gênero que não estamos acostumadas a assistir parece ser bem legal, ficamos com vontade de assistir!!

    beijos

    http://onlyinspirations.blogspot.com.br/

    Responder

  6. Luana Souza

    Já assisti e criei altas expectativas hahahah, não foi tudo aquilo para mim. Gostei da seleção de músicas, todas eram muito legais e o fato dele sempre querer colocar “aquela música” quando ia fazer algo, era muito legal, mas o enredo do filme em si, achei que faltou algo sabe. Mas gostei do fato de ele não gostar das coisas que via e no final acabar tomando uma atitude sobre isso, mas mais uma vez, achei que faltou algo. E concordo, deveriam ter explorado mais a história das duas personagens femininas, especialmente a Darling, gostaria de saber como ela e o homem dela acabaram parando nesse mundo ahhaha, enfim, gostei, mas não cativou tanto sabe? Bem feito pra mim que criei altas expectativas haha, mas excelente indicação de filme 🙂
    Beijos,
    https://blogluanices.blogspot.com.br/

    Responder

    1. Thami Sgalbiero

      É, fiquei muito curiosa pra saber sobre a Darling e o parceiro. Eu nunca crio grandes expectativas por causa disso, risco de não gostar, haha!

      Responder

  7. Ariadne Lomazzi

    Olá! Eu ainda não tinha visto nem ouvido ninguém falar desse filme, confesso pra você que por uma razão que desconheço não curto muito filmes de ação, mas pretendo dar uma chance pra esse só por causa desse elenco maravilhoso <3 haha, enfim, adorei sua resenha, beijooo!

    https://sejaumunicornio.blogspot.com.br/

    Responder

    1. Thami Sgalbiero

      Pra eu curtir filme de ação, tenho que estar no clima, haha! Porque o que mais gosto mesmo é de romance. 😛

      Responder

  8. hellz

    OI THAMI

    eu vi o trailer desse filme quando fui assistir outro filme na época e fiquei VIDRADA NA HISTÓRIA.
    ainda nao assisti (porque tive preguiça de baixar HAHAH), mas quero muito ver. A trilha sonora parece casar perfeitamente com o ritmo de ação do filme!

    beijo
    http://www.beinghellz.com.br

    Responder

    1. Thami Sgalbiero

      Sim, a trilha sonora casa muito, é loucura! Assista, Hellz!!!

      Responder

  9. Sté Maciel

    Amei tua resenha, me fez querer assistir! Hahahahaa ainda mais com esse neném lindo né!

    mariasabetudo

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *