5 coisas que você precisa saber sobre perfeccionismo

Pode não parecer, mas eu sou perfeccionista. Não tenho uma incrível atenção aos detalhes e eu definitivamente não sou uma aberração. Mas eu me identifico com todas as outras características de perfeccionismo. Como colocar uma quantidade imensa de pressão sobre mim mesma para ter tudo organizado e planejado.

Foi em 2014, aos 20 anos de idade, quando comecei a fazer entrevistas para vagas de estágio e quando comecei no meu primeiro estágio. E foi só aí que eu percebi que o perfeccionismo tinha um poder na minha vida que eu finalmente pude começar a fazer algo para mudar. Então, aqui estão 5 coisas que eu gostaria de ter lido sobre perfeccionismo antes dos 20 anos de idade. Além disso, algumas coisas que você pode fazer hoje para mudar sua mentalidade perfeccionista e ficar bem melhor pro futuro.

1. É o medo.

Sim, nós, perfeccionistas, somos ambiciosos. Mas esses padrões que estabelecemos para nós mesmos não é a ambição de falar. É o medo. O medo da rejeição, medo de julgamento, medo da crítica, medo do fracasso. Estamos sempre tentando fazer mais, tentando alcançar mais e ser mais, a fim de nos proteger “do que os outros vão pensar”. Não é atoa que sempre fica aquela sensação de ainda não se sentir como se tivesse feito o suficiente.

2. Nos faz ser menos, não mais.

Enquanto somos enganados a acreditar que o perfeccionismo nos ajuda a alcançar nossos objetivos, ele realmente faz o oposto. Por um lado, nos faz rebaixar nossos objetivos porque estamos com medo de decepcionar a nós mesmos (mais uma vez). Em segundo lugar, nós sempre fazemos testes antes de começar algo porque nós queremos tudo planejado e organizado antes de começar. E uma vez que a gente não começa assim, abandonamos o nosso objetivo no primeiro fracasso. Então, por favor, acredite em mim quando eu digo que deixar o perfeccionismo de lado não significa deixar de fazer uma realização.

3. Faz a gente procrastinar.

O perfeccionismo e a procrastinação são um casal lindo (só que não). E isso é porque os padrões que estabelecemos para nós mesmos são tão elevados e nos faz sentir que é tão fora do nosso alcance que sentimos que não precisamos nem tentar. É por isso que os perfeccionistas amam itens de papelaria e amam ficar escrevendo listas de afazeres. Afinal, nos sentimos produtivos enquanto estamos adiando nossos objetivos né? É também por isso que deixamos algumas coisas até o último minuto. Daí quando se aproxima do prazo final, ficamos forçados a abandonar nossos padrões de perfeição e poder finalmente começar a fazer! Mas nem sempre sai tão bom por justamente ter deixado pra cima da hora. Isso pode servir também pra você que luta com a procrastinação. 😉

4. Parece preguiça, mas não é.

Se tem uma coisa que eu aprendi, é que o perfeccionismo pode facilmente parecer preguiça e falta de motivação. Isso é porque o perfeccionismo faz a gente se fechar no nosso mundo de modo que só estamos fazendo as coisas que somos bons. O que significa abandonar hábitos saudáveis ​​no momento em que ficamos sem controle daí lutamos para ficar consistente e passamos o tempo de planejamento de forma mais exagerada. A boa notícia é que não somos realmente preguiçosos, só precisamos aprender a fazer coisas que não somos bons também, pelo menos no início.

5. Não é “quem você é”.

Perfeccionismo é uma mentalidade e, como qualquer mentalidade, ela pode ser alterada! Eu não vou mentir, tem momentos que eu me encontro de volta nos meus velhos hábitos de procrastinação. Eu fico paralisada pelo medo de que meu melhor nunca será bom o suficiente. Por exemplo, eu queria ser designer. Hoje em dia me vejo perdida nisso, não me acho tão boa, sabe? Daí fico pensando no que mais eu poderia fazer. Fico constantemente me perguntando no que mais eu sou boa, fora o design. Mas uma vez eu percebi que o perfeccionismo era a única coisa que ficava me impedindo de conseguir minhas coisas, aí eu fiz um esforço para descobrir como sair da minha própria maneira. E eu aprendi muito sobre como mudar a minha mentalidade perfeccionista.

O perfeccionismo tem seu lado bom e seu lado ruim. Infelizmente antes dos 20 eu só via o lado ruim, e por isso só me dava mal. Você não tem que superar totalmente o perfeccionismo, na verdade só tem que ser capaz de tirar ele do posto de obstáculo e alcançar seus objetivos o colocando como degrau. O importante é lembrar sempre que ninguém é perfeito, a perfeição de fato não existe.

E aí? Você também é uma pessoa perfeccionista? Tem algum conselho para compartilhar? Comentem aqui!

Thami Sgalbiero

Leonina, botafoguense, enrolada, confusa e distraída. Ama ver, ler e falar sobre moda (mesmo não sendo expert no assunto). Sonha em ser atriz, mas enquanto esse sonho não se realiza, fica apenas no blog mesmo.

48 thoughts on “5 coisas que você precisa saber sobre perfeccionismo

  1. Simone Benvindo

    Eu não sou perfeccionista não. Mas concordo, o melhor é deixar de ver isso como um obstáculo e aprender a usar isso da melhor maneira possível. Acredito que isso é uma escolha, precisamos nos conhecer mais para sabermos onde mudar e como melhorar nossas atitudes.
    Charme-se

    Responder

    1. Thami Sgalbiero

      Sim, é por aí que começa a mudança.

      Responder

  2. Duane

    Thami do céu. Nós somos muito parecidas! Me identifiquei com o post inteiro. É bem isso: medo, planejamento exagerado, procrastinação. Mas a gente tem que superar todas essas coisas dia após dia. Minha dica é um mantra que inventei “cada vez que procrastino me afasto dos meus sonhos”. Isso me faz acordar e correr atrás das coisas.
    Beijos!

    Responder

    1. Thami Sgalbiero

      Esse mantra é a mair pura verdade. Vou começar a usar comigo pra ver se dá certo.

      Responder

  3. Emerson

    Eu compartilho muito disso. A decepção e o medo, principalmente. Ser perfeccionista nem sempre é uma coisa boa. Adorei!

    Até mais,
    Emerson Garcia

    Fique ligado nos últimos posts do JJ antes do recesso de inverno!

    #jj #jovemjornalista #últimasemana #temporada2017A

    Jovem Jornalista
    Fanpage
    Instagram

    Responder

  4. Carol R.

    Acabei de me enxergar em todos os sentidos
    bjs

    Responder

  5. Jaynara Lambert

    Acho que este post é pra mim. Sou bem perfeccionista, não chego ao extremo da palavra, mas me considero bastante perfeccionista. Já deixei de fazer tanta coisa porque achava que não estava bom o suficiente. Uma coisa que aprendi é que o que não é/estar bom pra gente, ás vezes é o melhor para os outros. Não sei se deu pra intender.
    Estou lendo essas coisas antes do 20, espero que eu consiga dominar esse lado perfeccionista meu!!

    Beijos!!

    Boas de Papo

    Responder

    1. Thami Sgalbiero

      Deu pra entender sim, Jay. Toda vez que eu ia fazer um DIY que vi na internet, ficava horrível, eu desisti e nunca mais fiz. Agora to super afim de fazer pra testar. Vai conseguir dominar sim, é só ficar de olho! 😉

      Responder

  6. Renata Giannini

    “O perfeccionismo e a procrastinação são um casal lindo (só que não)”. Me vi nessa frase ahahaha 😛
    Meninaaa, você tirou as palavras da minha boca com esse post! Sou perfeccionista e é bem assim que funciona. Muitas vezes deixo de fazer as coisas ou faço na última hora e não é por preguiça, mas sim por medo de não ficar bom o suficiente. Por que somos assim, né?! Já tá mais do que na hora de se jogar no que temos vontade e, se não sair exatamente do jeitinho que a gente queria, pelo menos a gente tentou.
    Também sou fã de itens de papelaria e amo fazer listas, tô apredendo com a vida que nem sempre as coisas vão sair exatamente como gostaríamos e que tudo bem, afinal, a vida é imprevisível e isso é lindo ! <3
    Beijos,
    #fiquerosa

    Fique Rosa | Meu Canal YT

    Responder

    1. Thami Sgalbiero

      Sim, Renata! Estou aprendendo isso agora. Nem precisa ser tudo perfeito. Só o fato da gente tentar, já é bom né? Se ficar certo ou não, aí já é com o destino e a sorte mesmo, haha!

      Responder

  7. Amanda Mércuri

    Esmaltes rosados dificilmente ficam feios, né?! ;D

    Eu me acho perfeccionista pra algumas coisas. No trabalho, por exemplo, eu gosto de seguir padrões e deixar tudo na ordem que eu acho certa! Mas realmente querer tudo perfeito atrapalha de vez em quando… Tento controlar isso, principalmente em questões de medo, mas é difícil!

    Ótima terça!

    Beijo! ^^

    Responder

    1. Thami Sgalbiero

      É, isso de querer deixar sempre tudo perfeito, atrapalha vez ou outra.

      Responder

  8. Gabriela Dahmer Coitinho

    Eu sou um pouco, mas do tipo mais para manias de arrumação ou de como organizar as coisas, aliás, é por isso que sou tão organizada com tudo e, sim, faço listas, mas elas me ajudam a colocar em prática as coisas de forma mais simples e rápida, sem perder tempo ou ter aborrecimentos por desordem ou desorganização. Não sou de me cobrar muito, graças a Deus, mas é algo que eu comecei a lidar com o tempo, que fui relaxando aos poucos, pois eu era um pouquinho mais antes. Eu desistia de tudo quando não tinha mais controle, nisso eu me encaixo perfeitamente, até me lembrei de um curso que fiz uns anos atrás. Eu tinha aulas presenciais, até ter que mudar de dia e turna e começar aulas de EAD, até aí tudo bem, eu aprendo rápido e o que levaria uns 5 meses ainda para terminar, eu fiz em menos da metade. Por isso, acabei ganhando dois cursos de edição de imagens (PS e COREW), amei a ideia, pois na época eu me interessava demais, até perceber que eu tinha muita dificuldade em criar uma imagem simples, e fui me irritando com aquilo. O problema de quando fico irritada com algo no computador é que me ataco dos nervos e começo a chorar de raiva, depois não quero fazer mais. Então, eu tentei por 3 dias fazer o tal desenho, como não consegui, eu desisti do curso. Por este motivo, não cheguei a ganhar meu diploma do que eu tinha feito já. Muitas coisas desisti na vida por não achar que eu fosse capaz de tanto, eu me cobrava demais. Como eu disse, não sou mais tanto assim, mas ainda sou um pouco. Foi bom ler seu post, algumas coisas que li eu nem fazia ideia. Tipo isso que mencionei acima.

    Beijos,
    Blog Gaby DahmerFanpage

    Responder

    1. Thami Sgalbiero

      É, eu também tenho essas manias de arrumação, mas é mais com as minhas coisas mesmo. Principalmente as pastas do meu computador, haha! Eu me cobro demaaais, to tentando me controlar de uns tempos pra cá, porque eu me estressava atoa por me cobrar demais. Ah, já fui de chorar de raiva com coisas de computador também, principalmente HTML ou alguma edição no Photoshop na qual eu estava editando e fazia alguma besteira, daí tinha que fazer tudo de novo. É, agora é bom se controlar, fazer e fim. Primeiro temos que concluir o que estamos fazendo, pra depois ver se ficou bom ou não. Se não ficou bom, tenta de novo, ou pula já pra fazer outra coisa.

      Responder

  9. Priscila Ferreira

    Não sou perfeccionista, mas minha rotina pede uma vida organizada, e tento seguir, as vezes me cobro demais, e isso dá uma certa pressão em mim. Mas nada que me afete grandemente.

    http://www.coisasdepriscila.com
    face instagram
    Beijo.

    Responder

  10. Lilian Moraes

    Eu sou super perfeccionista no trabalho :(, falam direto isso para mim hahaha. E me identifiquei bastante com o primeiro item hahahaha.
    Sobre a vida em geral, não me acho perfeccionista, pelo menos não mais hahaha, estou na vibe “Deixa a vida me levar” hahahha.

    Beijos
    http://orangelily.com.br/

    Responder

    1. Thami Sgalbiero

      Agora estou indo mais pra vibe “deixa a vida me levar” mesmo, é bem melhor né? Hahaha! Por isso que em toda entrevista de emprego, quando eles pedem pra falar qualidade e defeito, falo perfeccionismo junto, haha! Porque só quem tem esse “probleminha” sabe como acaba sendo um defeito.

      Responder

  11. Cristiane Andrade

    Como eu nunca tinha pensado nisso?! Eu me considerava perfeccionista por fazer lista e querer tudo do meu jeito, mas eu nunca tinha percebido que eu “enrolo” para fazer algumas coisas importantes. Eu nunca fui de deixar o trabalho para a última hora, sempre comecei a fazer antes pra sair perfeito, mas por exemplo, eu morro de medo de fazer auto escola e não passar porque meu pai dirigi super bem, nunca levou multa, então eu fico morrendo de medo de não ser boa como ele e decepcionar e o engraçado é que ele nunca me cobrou nada, é tudo coisa da minha cabeça, fico tentando trabalhar isso na minha mente mas ainda não consegui sair da minha zona de conforto..
    http://www.corujasemasas.com.br/
    Beijos. <3

    Responder

    1. Thami Sgalbiero

      Sei bem como é isso de dirigir. Meu pai também dirige super bem, consegue estar em um lugar rapidinho, até no trânsito ele anda. Meu medo é de ter que ficar repetindo avaliação da auto escola direto, e cada uma paga né? Então se eu não passar em uma, perco dinheiro, vou ter que pagar a outra avaliação pra tentar de novo e assim sucessivamente. Mas só arriscando pra saber se vai dar certo ou não mesmo.

      Responder

  12. Pâmela

    Que texto maravilhoso.
    Me vi muito nessas 5 coisas.
    Eu tenho um lado um pouco perfeccionista que veio desde pequena comigo e eu fui lidando e deixando de lado com o tempo, mas confesso que ainda sobre uns resquícios.
    Quando uma coisa que eu quero muito e dedico tempo não dá certo eu me estresso muito, ás vezes choro e ainda passo mal. Graças a Deus esse ano foram raras às vezes sinal que eu to melhorando e deixando isso de lado.
    Beijos!
    Blog Pam Lepletier

    Responder

    1. Thami Sgalbiero

      É, até 2015 eu era assim de chorar, passar mal e me estressar quando algo não dava certo. Depois comecei a largar mais, porque isso estava afetando a minha saúde.

      Responder

  13. Fernanda

    Eu sou MUITO perfeccionista e isso me atrapalha demais. Acho uma coisa ruim porque acabo procrastinando, como você disse. Acabo adiando meus projetos por medo de nunca estar bom o bastante, etc. Aos poucos to mudando isso!
    Beijo

    Responder

    1. Thami Sgalbiero

      A mudança vem aos poucos, vai controlando até se tornar um hábito. 😉

      Responder

  14. Lívia Madeira

    ser perfeccionista demais com certeza atrapalha no desenvolvimento dos nossos projetos, gostei mt das suas dicas pra ajudar a a superar isso

    http://www.tofucolorido.com.br
    http://www.facebook.com/blogtofucolorido

    Responder

  15. Adriel Cristian

    oi, oi!

    uma das características do meu signo é o perfeccionismo, e advinha quem é o bobão que fica encucado com tudo? to sofrendo com o TCC, pq tem que sair o mais maravilhoso possível, porém, a coisa não tá fluindo… daí surge a procrastinação, pois o perfeccionista adia demais as coisas pra depois a inspiração aparecer naqueles momentos de pura correria e loucura.

    concorda que somos uns doidos? pois é… 🙁
    bjs!
    Não me venha com desculpas

    Responder

    1. Thami Sgalbiero

      Sim, somos dois, hahaha! DEMAIS! E já to até com medo do TCC, o meu está pertinho e eu não faço nem ideia do que abordar agora.

      Responder

  16. Carol Daixum

    Tudo em excesso é ruim, né? 🙁 Como você disse, ser perfeccionista tem o seu lado bom, mas se a gente não souber dosar, acaba sendo um fardo. Acho que é um exercício diário e aos poucos a gente vai conseguindo equilibrar. Sou perfeccionista, mas acho que não me atrapalha tanto. A ansiedade é que atrapalha mesmo (hoje em dia, menos).

    Beijos, Carol
    http://www.pequenajornalista.com

    Responder

    1. Thami Sgalbiero

      É, tudo em excesso faz mal. É bom a gente ir controlando até virar um hábito mesmo.

      Responder

  17. Paloma Marcarini

    Muitas pessoas confundem perfeccionismo com TOC. Eu tenho TOC e as pessoas vivem me dizendo que eu sou uma perfeccionista preguiçosa. Isso me dá uma raivinha kkkkk

    Blog Paloma Marcarini

    Responder

  18. Cleber Eldridge

    Olha, eu acho que isso é mal de leonino, não é? Porque eu sou MUITO também!
    Cristo!

    http://clebereldridge.blogspot.com.br

    Responder

    1. Thami Sgalbiero

      Nossa, deve ser mesmo, hahaha!

      Responder

  19. Laissa Lambert

    Eu sou bem perfeccionista, mas não ao extremo. Mas concordo com tudo o que você falou, principalmente de nos fazer ser menos em vez de mais! Eu sofro um pouco com isso…
    boas-depapo.blogspot.com

    Responder

  20. Sté Maciel

    Ta aí uma coisa que eu não sou, Thami! Mas esse texto vai ajudar muuuita gente <3

    mariasabetudo

    Responder

  21. Thaiane e Thalita

    Somos bastante perfeccionistas, e nos vimos em quase tudo que você falou no post, procrastinar é uma coisa que fazemos pois temos medo de tentar e as coisas não saírem como queríamos, mas tentamos aos poucos fazer as coisas que planejamos! Também super nos identificamos com o primeiro item o medo, ainda mais que trabalhamos por conta, temos medo do fracasso e julgamento!!

    beijos

    http://onlyinspirations.blogspot.com.br/

    Responder

    1. Thami Sgalbiero

      Vocês tem que virar isso, meninas. Ainda mais que vocês trabalham por conta própria, tem que saber controlar a cobrança em vocês mesmas. 😉

      Responder

  22. Ana Cruz

    Adorei, ótimas dicas Thami.
    Para algumas coisas sou perfeccionista sim, mas não em todas. rs

    Beijinhos
    Ana Cruz
    http://www.celebrandomomentos.com

    Responder

  23. Pamela Sensato

    Realmente você tem razão e o medo eu acredito que é o pior de todos…..tem pessoas que não vivem por causa de perfeccionismos, isso atrapalha e fala sério as vezes é chato pessoas assim..

    Beijinhosss ;*
    Blog Resenhas da Pâm

    Responder

    1. Thami Sgalbiero

      É bem chato pessoas assim, sei disso porque sou uma dessas, haha! Me irrito comigo mesma. 😛

      Responder

  24. camilla Marques

    Thami juro que este post foi uma surpresa para mim, não sabia de todas estas características das pessoas perfeccionistas. Não sabia o quanto essa mentalidade poderia atrapalhar alguém na vida, realmente aprendi muito com este post. O bom do seu texto é que ele mostra uma luz no fim do tunel, né? Mostra que é possível mudar e que não ser perfeito é algo totalmente normal. Adorei! Bj

    http://www.decoturnoespikes.com.br/

    Responder

    1. Thami Sgalbiero

      Sim sim, normalmente as pessoas não tem noção de como é uma pessoa perfeccionista. Na maioria das vezes acham que o perfeccionismo é uma qualidade, mas nem é, só as vezes. Então é bom até alertar pra quem não é, fica ligado e saber como lidar com pessoas que tem ao redor que é, sabe?

      Responder

  25. Carol (Afromaquiagem)

    Bem legal o blog, muito interessante e espero que você tenha bastante sucesso, já estou te seguindo no Face também! Um grande Abraço!

    Responder

  26. Karina Pinheiro

    Olá
    muito legal o seu post
    bem detalhado
    se antes eu não sabia o que era uma pessoa perfeccionista, agora eu sei hehe
    bju
    Karina Pinheiro

    Responder

  27. Tauani Cruz

    Oii Thami, tudo bem?
    Eu não sou uma pessoa perfeccionista, pelo menos, não me considero assim. Acredito que as vezes eu faça mais por querer parecer bonitinho, geralmente em algum trabalho, diferente de coisas pessoais, como eu posso escrever de qualquer forma e nem ligar para isso.
    Conheço pessoas perfeccionistas, como você mesma disse, há um lado bom nisso e um lado ruim, basta fazer com que esses lados se intercalem e se tornem melhor para você.
    Gostei demais desse post e recomendaria, adorei ler isso antes dos 20! hahaha
    Beijos, Tau
    versos-de-inverno.blogspot.com

    Responder

    1. Thami Sgalbiero

      É até bom pra quem não é perfeccionista saber como lidar com quem é né? É isso aí que você falou, o bom é intercalar pra se tornar o melhor da pessoa.

      Responder

  28. Ana Beatriz

    Eu te entendo bem! Sempre fui perfeccionista, e isso foi um dos motivos que me levou a ser ansiosa. Eu sempre achava que podia fazer mais, que tinha que ser melhor, que eu deveria ser boa em tudo. E isso nos coloca em um ideal impossível e inalcançável. Foi duro eu aprender que eu tinha que parar de buscar a perfeição. Mas tudo muda e fica melhor quando aceitamos isso.

    Responder

    1. Thami Sgalbiero

      Sim, fica melhor quando aceitamos os erros. Afinal, ninguém é perfeito. O mais louco é que ninguém cobra a gente o perfeito, ou que devemos ser boa em tudo, ou ter que ser a melhor em tudo, é tudo da nossa cabeça mesmo.

      Responder

  29. Váh

    Nossa, você disse tudo o que eu sinto/vivo!
    Eu sou bem perfeccionista e acho nunca tinha lido nada tão esclarecedor quanto esse post!
    Várias vezes já desisti de coisas e objetivos por não me achar tão boa e dá uma sensação horrível quando você faz algo ‘errado’ e as pessoas acabam te julgando por isso… enfim, é uma mentalidade foda.
    “Não é atoa que sempre fica aquela sensação de ainda não se sentir como se tivesse feito o suficiente.” é bem isso!

    https://heyimwiththeband.blogspot.com.br/

    Responder

    1. Thami Sgalbiero

      A gente já tem uma certa pressão, quando as pessoas te julgam então… nossa, parece que é o fim do mundo né?

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *