4 jeitos de amar a si mesma hoje e sempre

O caminho para o amor próprio é o melhor que qualquer um pode levar em sua vida. Por isso hoje trouxe 4 jeitos de amar a si mesma hoje e sempre. Porque antes de você amar uma pessoa, você tem que se amar em primeiro lugar (e eu já disse isso aqui em vídeo).

Descobri que o melhor relacionamento que posso ter na minha vida é o que eu tenho comigo, mas é mais fácil dizer do que fazer. Estou falando sobre estar completamente confiante com quem você é: confortável quando está sozinha e feliz com o seu corpo.

Crescer em uma sociedade onde há tantos julgamentos e estereótipos pode ser uma tarefa difícil. Por exemplo, eu vivo me perguntando “De que grupo eu sou?”. Se eu me vestir e agir assim eu sou desse grupo. Se eu me revoltar com algo e expor isso, eu vou para outro grupo. Sociedade e moralidade cultural fazem você pensar que você precisa pertencer a algum lugar para se sentir aceito. Definitivamente é confuso, mas percebi que estava me pressionando demais sobre mim mesma. Eu estava sendo muito dura e julgando minhas próprias ações e… pra o quê? Para me sentir aceita pelos outros. E quanto a mim?

“Se você não ama quem é, não pode amar os outros. Não será capaz de amar os outros. Se não sente compaixão por você, não poderá ter compaixão pelos demais” Dalai Lama

Confesso que foi desesperador ir sozinha, pela primeira vez, no cinema. Eu toda hora ficava pensando que alguém poderia estar olhando pra mim com dó por ver que eu estava sozinha, sabe? Mas foi nesse momento que eu aprendi a gostar da minha própria companhia. Eu antes não saia de casa nem pra ir na padaria sozinha, justamente por medo de me sentir sozinha. É por isso que quero compartilhar com vocês o que aprendi (e ainda estou aprendendo) nesses momentos e por quê acho que todos deveriam tentar.

Estar sozinho

Encontre o significado da vida e a alegria da vida. Se encontrar é a melhor descoberta na vida de qualquer ser humano, e essa descoberta é possível somente quando você está sozinha. É hora de se desconectar. Perceba que VOCÊ É ÚNICO. Quando você é totalmente feliz com a sua solidão, quando você não precisa do outro, então você é capaz de amar.

Seja compassivo

Muitas vezes, tendemos a nos autocriticar se não cumprimos nossos padrões elevados. Nós vamos em uma montanha-russa emocionante que se resulta muitas vezes em insegurança e ansiedade. Então, qual é a alternativa? Desenvolva a autocompaixão. Seja gentil. Se permita perceber que você não é perfeita. A autocompaixão oferece os mesmos benefícios que a alta autoestima, como menos ansiedade, depressão e maior felicidade.

Crie a energia certa

Ame seu corpo, ame sua mente, ame todo o seu mecanismo, seu organismo inteiro. Não tente reprimir. Faça coisas que te coloque pra cima. Você gosta de correr? Ouvir música? Se sente melhor conversando com bons amigos ou familiares? Continue fazendo o que faz você sorrir! Crie uma energia certa que fará com que você brilhe. Atenção: VOCÊ!

Se lembre que é um caminho

Aplique todos os 3 passos acima e veja que é um caminho. Leva tempo e é um hábito que precisa ser constante. Você precisa se focar e tentar todos os dias. Fique em sintonia com você mesmo. Faça as perguntas certas “Eu tô feliz aqui?”, “Como eu ando me sentindo ultimamente?”, “Eu estou dando o meu melhor no trabalho e nos relacionamentos?”.

Se você tentar estas etapas algumas horas por semana, tenho certeza que vai aumentar a sua felicidade, a sua consciência nas situações da vida e você sentir completamente o controle de você e das coisas da vida que você pode ou não pode mudar. O tempo que você gosta com você mesma é um “tempo” bem gasto. É precioso e é mais valioso porque você está se conhecendo.

Podemos aprender a nos sentir bem, não porque somos especiais, mas porque somos seres humanos dignos de amor, certo?

Thami Sgalbiero

Leonina, botafoguense, enrolada, confusa e distraída. Ama ver, ler e falar sobre moda (mesmo não sendo expert no assunto). Sonha em ser atriz, mas enquanto esse sonho não se realiza, fica apenas no blog mesmo.

60 thoughts on “4 jeitos de amar a si mesma hoje e sempre

  1. Váh

    Ótimo post e dicas Thami, mas isso é realmente complicado né?
    Eu sempre me julguei demais, então é um exercício que tento praticar a anos. Tem vezes que melhoro e outras em que pioro, faz parte né?

    http://heyimwiththeband.blogspot.com.br/

    Responder

    1. Thami Sgalbiero

      É um exercício constante que a gente precisa praticar mesmo.

      Responder

  2. Renata Giannini

    Ain que post mais maravilhoso <3 Confesso que estava precisando ler isso!
    Eu também já fui assim, não conseguia nem ir na padaria sozinha, imagina no cinema? Dá uma sensação ruim, de solidão..mas aos poucos fui aprendendo que é bom estar em minha própria companhia de vez em quando. É algo necessário.
    Beijos,
    #fiquerosa

    Fique Rosa | Meu Canal YT

    Responder

    1. Thami Sgalbiero

      Sim, Renata! As vezes ficar sozinha e ter o nosso tempo é muito bom pra colocar as coisas no lugar, principalmente os pensamentos, haha!

      Responder

  3. Paloma Wancleia

    Esse post é uma utilidade pública! ♥
    Venho progredindo na minha batalha de amor próprio, sabe? Tenho dificuldade em amar o meu corpo magro, o meu cabelo, mas a cada dia eu me esforço mais. Eu mudo de penteado, eu não tenho mais medo de vestir uma roupa x porque eu acho que ela não combine com meu corpo.
    Amei o post, Thami! De verdade ♥
    Blog M E R A K I

    Responder

    1. Thami Sgalbiero

      Temos que arriscar e fugir dos padrões. Quebrar regras mesmo. Não devemos deixar que ninguém diga pra gente o que fica bonito e o que fica feio. Nós é que devemos decidir o que fica bom ou não. É uma luta que vale a pena, porque a recompensa no final é bem duradoura. 😉

      Responder

  4. Lorraine Faria

    amar primeiro a si proprio, é o que de melhor a gente pode fazer a gente a aos outros. só assim, também conseguimos amar quem está ao nosso redor <3 adorei o post!

    Responder

    1. Thami Sgalbiero

      É isso mesmo, Lorraine!!!

      Responder

  5. Laissa Lambert

    Adorei o post! Eu preciso ter um pouco mais de amor próprio, isso faz bem pra gente mesma
    http://www.boas-depapo.blogspot.com

    Responder

  6. Lulu

    Olá Thami,
    Parabéns pelo post. Nunca fui sozinha ao cinema, em compensação já viajei sozinha, faço supermercado, vou na farmácia, padaria, etc.
    A gente precisa se amar em primeiro lugar e fica a pergunta: Eu sou uma agradável companhia? Incentivo as pessoas ou sou muro de lamentações? Vivemos um dia de cada vez e a cada dia Deus nos dá a oportunidade de recomeçar e sermos pessoas melhores.

    Big Beijos,
    Lulu
    BLOG | YOU TUBE

    Responder

    1. Thami Sgalbiero

      Viajar sozinha, tá aí uma coisa que quero muito fazer de novo, haha! Porque já fiz isso ano passado indo pra SP né? É isso aí, a cada dia Deus nos dá uma nova chance de sermos mais felizes que ontem, então é pegar essa oportunidade e aproveitar. 😉

      Responder

  7. Duane

    Que post mais amor, Thami (sem trocadilhos intencionais HAHAH). É muito importante desenvolver o amor-próprio, e apesar de ser um processo bem individual, também é importante ter pontos de referência como esses. Acho que estar sozinha e estar bem com isso é o primeiro passo mesmo. Foi exatamente como você que eu me senti quando fui ao cinema sozinha pela primeira vez. E o mais legal é que esse tipo de momento vira um marco, né? A gente nunca mais esquece, tudo muda a partir daí. Hoje em dia AMO ir ao cinema sozinha, gosto até mais do que ir acompanhada HAHAH. Esse lance da autocrítica é o que estou tentando trabalhar em mim mesma, gosto muito de seguir várias contas girl power no Insta, com umas frases que impactam, sabe? HAHAH. Tem uma que dei print que é bem assim “saiba que você pode começar atrasada, parecer ou se sentir estranha, ter incertezas e ainda assim ser bem-sucedida”. Nossa, assim que li deu vontade de tatuar na alma! (e acho que tatuei mesmo!). Porque é muito isso, às vezes a gente cria mil paranoias do nada, sendo que o lance é que devemos ser gentis com a nossa própria mente, coração e corpo. Energia <3 Isso me lembra que ontem assisti O Segredo (pode deixar que vou fazer resenha, pedido seu é ordem!) e ele fala muito disso, de como a gente tem que se concentrar no que faz bem e no que se quer. E é exatamente um caminho mesmo. Um caminho que, como diz no filme, a gente não precisa saber exatamente como vai ser, apenas viver o momento e fazer dele o melhor que pudermos. Desnecessário dizer que amei, né? Tô fazendo uma semana da solteira lá no blog, vou colocar seu post no guia da solteira, que vai reunir vários posts, vídeos, filmes e livros que ajudam e orientam nessa fase da vida. Posso?
    Beijos ♥

    Responder

    1. Thami Sgalbiero

      Impressionante como realmente marca ir no cinema sozinha, e hoje em dia até prefiro também. Porque acabo prestando mais atenção no filme e escolhendo o filme que quero sem ter que ceder pra pessoa que quer assistir outro, hahaha! Essa frase que você printou é o resumo de Girlboss, hahaha! Já viu essa série? É exatamente isso, a garota é toda errada mas foi bem sucedida desse jeito. Resenha de O Segredo, por favor! Hahaha! Se pode? DEVE! Vou ficar super feliz de ver meu post lá. 😁

      Responder

  8. Gabriela Dahmer Coitinho

    Compartilharei agora! Post de utilidade pública, sim, claro, óbvio ou com certeza?
    Sabe, eu sempre me identifiquei com o grupo “do mundão”, que é aquele tipo de pessoa que se encaixa em tudo, adaptável sabe? Então nunca fui muito preocupada com o fato de me encaixar em algum lugar, de me sentir aceita. Sempre fui assim, cheia de amor próprio. Mas algo que eu não conseguia entender ou aceitar direito era o fato de estar sozinha, mesmo que eu amasse esse estado em que vivo, eu não via da forma correta. Também não aceitava meus defeitos, manias e algumas coisas da minha personalidade, mas quanto a corpo eu sempre fui muito de boa com isso. Mas o mais complicado era criar energia certa, pois eu sempre tinha uma tenência exagerada ao negativismo e isso me impedia muito de ver as coisas. Embora eu ainda prefira pensar dos dois lados da moeda, eu gosto de acreditar que tudo dará certo, mas não descarto as possibilidades de algo dar errado, pelo menos assim me sinto preparada para qualquer coisa. As pessoas precisam urgentemente aprender a ter mais amor próprio, a saber viver sozinhas e se sentirem felizes assim, se encontrarem na solidão. Só assim elas vão entender o verdadeiro sentido de ser feliz por si mesmo e não depender de outros para isso.

    Beijos,
    Última postagemBlog Gaby DahmerFanpage

    Responder

    1. Thami Sgalbiero

      Ah, a gente sempre acha que se a gente tá solteira é porque tem alguma coisa errada com a gente, mas na verdade isso são coisas que a sociedade coloca na nossa cabeça só, porque não é verdade. É bom controlar, não ser muito negativa mas também não ser muito positiva, saber controlar esses dois lados é a melhor maneira de seguir em frente sem se decepcionar seriamente com algo. Sim, Gaby! Até porque depender dos outros é horrível, eu não gosto. Fico feliz que tenha gostado do post. Obrigada por compartilhar esse post! 😀

      Responder

  9. Blog entre garotas

    Ótimo post Thami, tenho certeza que muitas pessoas já se sentiram assim!
    Eu sou do tipo que também não gosta de ir no cinema sozinha… rsrs
    beijinhos
    Blog Entre Garotas

    Responder

    1. Thami Sgalbiero

      Tem que mudar isso de não gostar de ir no cinema sozinha. Vai uma vez pra ver como vai ser uma experiência boa, depois vai querer fazer isso sempre. 😉

      Responder

  10. Carolina R

    Todo dia me forço a lembrar que é um caminho
    bjs

    Responder

  11. Ana Borges

    Excelente post, fica a reflexão!
    Nos valorizar, buscar o melhor de nós e nos compreender devia ser fácil, mas é uma luta diária e deve ser incentivada, sim!

    Responder

    1. Thami Sgalbiero

      É uma das lutas diárias que valem a pena né?

      Responder

  12. Camila Faria

    Lindo Thami. Aprender a nos amar sempre em primeiro lugar ~ tão importante isso!!! ♥

    Responder

    1. Thami Sgalbiero

      Muito importante isso! ♥

      Responder

  13. Carol Daixum

    Perfeito, Thami. ♥ Não é uma tarefa fácil colocar tudo isso na prática, mas é possível e MUITO importante! É um trabalho diário, né? Acho que a cobrança que a gente colocar na gente é giga, então quanto menos cobrança, melhor. E nossa, eu também me sentia péssima indo ao cine sozinha. Hoje em dia? Pelo menos uma vez por mês, tenho que ir. Solidão não é tão ruim quanto pensam. Curtir a própria companhia é tão bom! =)

    Beijos, Carol
    http://www.pequenajornalista.com

    P.S: sobre o produto da Maybelline, o BB Fresh, que você comentou em um dos posts do meu blog… Umas amigas testaram e não curtiram. A pele delas é oleosa. Mas acho que vale testar, quem sabe funcione para a sua pele. 🙂

    Responder

    1. Thami Sgalbiero

      Curtir a própria companhia é muito bom! 😀 E a gente tem esse costume de se cobrar muito mesmo, isso é bem ruim.

      Eita, se a pele delas é oleosa e não funcionou, prefiro não testar, ou só testar se tiver amostra, sabe? Sem precisar comprar pra testar.

      Responder

  14. Lívia Madeira

    adorei esse post, nao podemos esquecer nunca de nos amar sempre, em primeiro lugar!

    http://www.tofucolorido.com.br
    http://www.facebook.com/blogtofucolorido

    Responder

  15. Auana Lucena Sonsin

    Que post mais lindo e motivador, Thami!
    Concordo com cada palavra que vc colocou aqui em cima. Pra mim, se amar não é fácil, mas é um exercício diário e a gente tem que se esforçar pra isso – sempre respeitando nossos limites e os nossos tempos. <3

    Beijo!
    http://www.vitaminatrendy.com

    Responder

    1. Thami Sgalbiero

      É, tem dias que a gente sente que tá caindo mesmo, mas já é bom ir exercitando a mente pra se levantar antes mesmo da queda né? Haha! Obrigada, Au!

      Responder

  16. Simone Benvindo

    Estive pensando sobre isso estes dias, percebi o tempo enorme que eu deixei passar para entender que eu tinha que me amar. Gastei muito tempo querendo ser aceita e eu mesma não me aceitava. Hoje com 26 anos estou neste caminho, de me amar e de ser feliz do meu jeito. E olha, é libertador. Só queria ter descoberto isso mais tempo. Mas de tudo fica a lição, de que a vida é minha e eu sei o que é melhor para mim. Me deixei livre para me afastar de pessoas e coisas negativas. Me aproximei de coisas e pessoas boas e estou no meu melhor momento. <3 Amei seu post, só li verdades <3
    Charme-se

    Responder

    1. Thami Sgalbiero

      Também queria ter descoberto isso a mais tempo, que aí eu teria certeza que meus 15 anos seriam melhores, hahaha! Sim, isso de se aproximar de pessoas boas e que te fazem bem conta demais! Obrigada, Si! <3

      Responder

  17. Samara Lima

    Amei !!!

    Estou amando ler seus artigos, sempre amei visitar seu blog e ler os artigos, sempre tem dicas e informações interessantes…

    Parabéns !!

    Samara Lima

    Colaboradora do Portal Todos Os Resultados da Lotofácil

    Responder

  18. Faah Santos

    Amei esse texto, amor próprio é tudo, se uma pessoa se ama ela não precisa de mais nada, ás vezes as pessoas confundem o amor próprio o se gostar, por se “achar” pelo menos na minha cidade é assim. Amar a si mesmo é essencial para ter uma vida leve e tranquila, tô adorando seu blog.
    https://faahsantos.blogspot.com.br/

    Responder

    1. Thami Sgalbiero

      Ah sim, tem gente que confunde mesmo e desnecessariamente né? Amar a si próprio é a amar a vida.

      Responder

  19. Samara Lima

    Amei !!!

    Estou amando ler seus artigos, sempre amei visitar seu blog e ler os artigos, sempre tem dicas e informações interessantes…

    Parabéns !!

    Samara Lima

    Colaboradora do Portal Website Lotofacil de hoje

    Responder

  20. Emerson

    Dicas preciosas. Quantas vezes nos anulamos por causa de situações e pessoas né?

    Até mais,
    Emerson Garcia

    Jovem Jornalista
    Fanpage
    Instagram

    Responder

  21. mary micucci

    Adorei o seu post Thami! Suas dicas são super boas, é muito importante aprender a amar a si mesma.
    bjs
    http://marymicucci.com

    Responder

  22. Dani Ramos

    Gostei muito da dica ” Crie a energia certa”…Se a gente mesmo não buscar o que nos faz feliz, quem irá, não é mesmo?

    Dani Ramos
    http://donaengenhosa.com.br/

    Responder

  23. Thayse Stein

    Essas coisas parecem tão simples e óbvias mas elas simplesmente não são, é um exercício constante, né? Eu amei ler essas dicas e ver as coisas de uma outra maneira, acho que ainda tenho muito para praticar e aprender


    Beijos
    Brilho de Aluguel

    Responder

    1. Thami Sgalbiero

      Sim, Thay! O bom é praticar todos os dias.

      Responder

  24. maki

    Oi Thami, vc escreve muito bem. Gostei mesmo desse post, me fez pensar mais em mim. Tenho certa dificuldade de fazer as coisas sozinhas, mas vc me inspirou 🙂
    Beijinhos linda e bom fim de semana!

    Maki & Vana
    https://unipoison.blogspot.com.br/

    Responder

    1. Thami Sgalbiero

      Comece com pequenas coisas, Maki. Você vai ver o alivio que dá depois que você se contenta com a sua própria companhia.

      Responder

  25. Laura

    Menina do céu! Eu só queria te dizer como eu me sinto bem lendo os seus textos! E não to falando isso da boca pra fora não… é sério! Obrigada por dividir isso com a gente <3 É algo tão tão tão importante e infelizmente tão difícil de conseguir, acredito que seja um exercício constante e ler sobre me ajuda muito a me aceitar do jeitinho que eu sou e me cobrar menos.

    Bom feriado pra você! Beijos

    Responder

    1. Thami Sgalbiero

      Sempre que achar que tá difícil, dá mais uma lida nesse post só pra relembrar, haha! 😉

      Responder

  26. Fe

    Adorei o post! Acho que é uma das coisas mais importantes da vida, valorizar a si mesmo. Tenho muito problema com isso, é beeem difícil pra mim. Mas sigo tentando todos os dias melhorar pelo menos um pouquinho.
    Beijos! <3

    Responder

    1. Thami Sgalbiero

      Pois é, são todos os dias tentando mesmo, até se acostumar.

      Responder

  27. Priscilla

    É por isso que eu amo esse blog, sempre com dicas pra vida e essas que você postou deveriam ser colocadas em plaquinhas e distribuídas em todos os lugares que a gente frequenta: casa, trabalho, faculdade, etc. Só pra não esquecer 😉 Beijos!

    Responder

    1. Thami Sgalbiero

      Seria uma boa essas plaquinhas mesmo, haha!

      Responder

  28. Gabriela Soares

    Thami, que post maravilhoso e super de utilidade pública, né? Todas essas dicas são realmente essenciais, acho que começar estando sozinho é ideal, porque a gente precisa parar de achar que estar sozinho é algo ruim, né? A primeira que fui no cinema sozinha, por exemplo, me senti exatamente igual a ti, me peguei várias vezes pensando se as pessoas não estavam olhando pra mim com pena ou algo assim, mas depois, na hora de assistir o filme, percebi que é muito bom ir no cinema sozinha, cara! É muito bom poder estar com ninguém mais ninguém menos do que você mesma e a sensação depois é melhor ainda. Então né, amei as dicas!
    Um beijão,
    Gabs | likegabs.blogspot.com ❥

    Responder

    1. Thami Sgalbiero

      Fora que as pessoas não estão nem aí pra você né? E o melhor é que ainda dá pra fazer umas amizades. Já sai do cinema conversando com pessoas que se eu tivesse com alguém provavelmente nem notaria a pessoa ali do meu lado pra comentar sobre o filme. Que bom que gostou das dicas, Gabs! 😀

      Responder

  29. Tamara Mansur

    Oláá!! Tudo bem?
    ahh, ótimo post!! adoro reflexões aqui e geralmente gosto de ver as suas opiniões, super para frente!! sempre concordo ^^
    mas sabe que nunca fui ao cinema sozinha? É uma pena porque é algo que sempre quis fazer, mas sei lá.. nunca deu tempo.. ou será que existe um receio dentro de mim? bom, sei lá… mas eu tento sempre me valorizar como pessoa realmente única, amo a minha companhia e acho que esse é um dos maiores segredos da vida!
    beeijo

    http://lecaferouge.blogspot.com.br/

    Responder

    1. Thami Sgalbiero

      Isso de nunca ter tempo é uma desculpa que você arruma pra você mesma, sei bem como é isso, eu fazia isso direto, haha! Verdade, esse é um dos maiores segredos da vida, mas agora to expondo tudo mesmo. 😛

      Responder

  30. Sté Maciel

    Thami, que texto foda! Tem muita gente precisando ler isso <3

    mariasabetudo

    Responder

    1. Thami Sgalbiero

      Compartilha, Sté! 😉 <3

      Responder

  31. Ana Murari

    Oi, tudo bem?
    Adorei o post, realmente antes de qualquer coisa precisamos entender que nossa felicidade depende de nós mesmos e não de alguém! Quem vive nossa vida, somos nós…
    Beijos
    http://www.somosvisiveiseinfinitos.com.br
    Vídeo novo: https://www.youtube.com/watch?v=VjheAEeAg8U&feature=youtu.be

    Responder

  32. Thaiane e Thalita

    Amamos as dicas, mesmo parecendo ás vezes que não vamos conseguir, por diversos motivos, temos que confiar que iremos nos compreender e nos aceitar que em alguns momentos nossa melhor companhia é nós mesmo, mas tudo isso tem que ser vivido e praticado constantemente para que seja mais fácil com o tempo.

    Beijos

    onlyinspirations.blogspot.com.br

    Responder

    1. Thami Sgalbiero

      Sim, meninas! É tudo questão de prática.

      Responder

  33. Carolina R

    Faço esse exercício de pensar que é um caminho
    bjs

    Responder

  34. Leidiana Pereira

    Amei o seu texto amiga, confesso que me ajudou e muito na minha autoestima.
    Ultimamente estou com depressão e não me sentir amada é um dos piores problemas que eu enfrento, sempre procuro defeitos em mim e acho que todos merecem um lugar ao sol, menos eu. =/
    Muito obrigada pelas suas palavras nessa postagem, de uma forma ou outra, me ajudou a ter esperança e um sorriso no rosto.
    Beijos. ♥

    Diário da Lady

    Responder

    1. Thami Sgalbiero

      Lady, sempre que você se sentir assim, busque ler coisas desse tipo. As palavras tem uma força enorme, então vale a pena.

      Responder

  35. Amanda

    Que post mais maravilhoso, Thami! Sempre arrasando.
    O amor próprio é tudo! Essas tuas dicas foram muito importantes. E realmente, é algo que leva tempo, não é de um dia por outro, é um caminho mesmo. As pessoas “condenam” tanto quem gosta de si mesmo, mas já que eu vou ter que me aguentar até o fim dos meus dias, que eu esteja feliz com a minha companhia, né não?

    Beijos, quebrarosilencio.blogspot.com ❥

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *